Os lagos mais bonitos da Europa que não pode deixar de visitar

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Está a sonhar com as suas férias? Que tal aproveitar para conhecer os lagos mais bonitos que a Europa tem para lhe oferecer. Paisagens naturais de tirar o fôlego e tranquilidade, tornam estes destinos ideais para quem quer relaxar.

Agora, sente-se e desfrute!

Lago Duich, Escócia

Lago Duich com o castelo de Eilean Donan Castle no fundo

Lago Duich com o castelo de Eilean Donan Castle no fundo (Autor: Guillaume Piolle)

A Escócia é conhecida pelos seus lagos maravilhosos, mas este tem uma vista especial.
O castelo Eilean Donan, construído no século VIII, domina a sua paisagem.

O Lago Duich fica localizado na costa Oeste, nas famosas Highlands, e é palco de muitas lendas populares. Uma delas é que seria habitado por sereias que durante a noite vinham dançar nas suas margens.

Lago Kerid Crater, Islândia

Vista do Lago Kerid

Lago Kerid (Autor: Progresschrome)

O lago Kerid é formado na cratera de um vulcão e é um dos mais visitados na Islândia.
A cratera é formada por rochas vermelhas e a contrastante água azul opaca tornam a paisagem fora do vulgar.
O local é de fácil acessibilidade e o lago em si não é muito profundo, variando entre 7 a 14 metros, dependo da chuva.
Actualmente, os donos da propriedade onde está localizado o lago, cobram uma taxa a quem o quiser ir visitar.

Lago Léman, Suiça e França

Lago Léman e o Castelo de Chillon

Lago Léman e o Castelo de Chillon (Autor: Eric Hill)

O Lago Léman, ou Lago Geneve é um dos mais famosos lagos da Europa e o maior da parte ocidental do continente. Localizado nos Alpes, entre a Suíça e a França, este lago é conhecido pelo seu formato pelo seu formato que lembra uma lua crescente. Ao longo das suas extensas margens encontram-se pitorescas vilas, perfeitas para um passeio.

Muitas personalidades do cinema, da literatura e outras áreas, viviam ou apreciavam veranear no Lago Léman, como Audrey Hepburn, Richard Burton, Charlie Chaplin ou Lord Byron.

Lago Königssee, Alemanha

Lago Königssee, o Monte Watzmann e a Igreja de São Bartolomeu

Lago Königssee, o Monte Watzmann e a Igreja de São Bartolomeu (Autor: Martin Falbisoner)

O Lago Königssee faz parte do parque nacional de Berchtesgaden, que fica na região da Baviera, perto da fronteira com a Áustria. Desde há séculos que é um dos destinos de férias preferenciais da realeza e classe política bávara. Por estar inserido numa área protegida, apenas barcos eléctricos, a remo ou a pedal são permitidos nas suas águas.

Este é o lago mais limpo e comais profundo da Alemanha.

Lago Bled, Eslovénia

Lago Bled com o Castelo de Bled ao fundo

Lago Bled com o Castelo de Bled ao fundo (Autor: Mihael Grmek)

Situado na Eslovénia, nos Alpes Julianos, este é um pequeno lago glaciar. É um destino turístico popular, para quem pretende umas férias tranquilas no meio da natureza.

A Ilha de Bled, com a sua Igreja da Assunção do século XVII, e o Castelo de Bled, da época medieval, espreitando sobre um precipício, são as duas maiores atracções deste lago.

Lago de Como, Itália

Vista panorâmica do Lago de Como com as Montanhas Grigna ao fundo

Vista panorâmica do Lago de Como com as Montanhas Grigna ao fundo

O nome romano é Lago Larius, no entanto, mais recentemente adoptou-se o nome de Como, o nome da cidade mais populosa das suas margens.
É talvez dos lagos mais famosos do mundo, atraindo milhares de turistas todos os anos.

O seu charme mediterrânico e as suas pitorescas vilas históricas, destacando-se a Bellagio, tornam o Lago de Como num elegante destino de férias.
É dos lagos mais profundos da Europa e o terceiro maior da Itália.

E se precisar de mais algum motivo para o ir visitar, é um dos locais preferidos do George Clooney, quem sabe não o encontra por lá?

Lagos Plitvice, Croácia

Os Lagos Plitvice e as suas águas azul-turquesa

Os Lagos Plitvice e as suas águas azul-turquesa

Estes lagos ficam situados no centro da Croácia e fazem parte do maior parque natural do país. O Parque Nacional dos Lagos Plitvice foi fundado em 1949 e faz parte do património mundial da UNESCO.

São várias as cascatas que ligam os dezasseis lagos e vida selvagem floresce nas suas florestas luxuriantes. É o habitat natural de várias espécies em extinção.

A entrada é paga, cerca de 24€ por pessoa em época alta.

Lago Ohrid, Macedónia

Vista do Lago Ohrid da cidade de Ohrid

Vista do Lago Ohrid da cidade de Ohrid (Autor: Alexandar Vujadinovic)

O Lago Ohrid fica situado no sudoeste da Macedónia, perto da fronteira com a Albânia.
É muitas vezes chamado de o mar de água doce da Macedónia, pela sua dimensão, que dá a sensação de estar no mar, mas também pela sua água quente azul-turquesa.

Com uma fauna e flora únicas, o Lago Ohrid é uma das maiores das reservas naturais da Europa.

Lago Annecy, França

O Lago Annecy visto de Talloires

O Lago Annecy visto de Talloires (Autor: Sba2)

Este é o terceiro maior lago francês e fica situado na Alta Savóia.
É um destino de férias muito popular, pelas suas águas azuis, o ar fresco alpino, as montanhas a rasgarem a paisagem e as suas charmosas aldeias e vilas. Não falta o que ver no Lago Annecy.

As fortes políticas ambientais implementadas na zona a partir de 1960 tornaram-no um dos lados mais limpos do mundo.

Se gosta de praticar desportos de água, não deixe de visitar.

Lago Hallstatt, Austria

Vista do lago e da vila de Hallstatt

Vista do lago e da vila de Hallstatt

O Lago Hallstatt ou Hallstätter See, fica localizado na região de Salzkammergut, na Áustria.
A vista deste lago é talvez das mais bonitas com a pitoresca vila de Hallstatt a brotar das suas margens.

Halstaat está classificada como património mundial da Unesco e lá encontra-se a primeira mina de sal do mundo. Esta zona é considerada como um dos melhores destinos turísticos que a Áustria tem para oferecer, tanto no verão como no inverno.

Já decidiu qual vai visitar primeiro? Então, faça a sua mala e comece a viagem!

Share.

Leave A Reply