Mezinhas de outros tempos

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Hoje usadas na medicina tradicional, algumas das mezinhas dos nossos antepassados chegaram aos nossos dias trazidas pelas tradições familiares. Embora muitas fossem guardadas em segredo e apenas usadas por curandeiros, outras tantas, eram passadas de geração em geração no seio das famílias, servindo para curar as maleitas em casa.

Uma mezinha é assim um remédio feito em casa, usando de sabedoria popular e que tem em conta as propriedades benéficas dos seus compostos.

Possivelmente, todos nós ainda guardamos na nossa memória as visitas a casa da avó, e recordamos a pequena horta com uma enorme variedade de ervas ou o armário da cozinha com frascos de ervas e flores secas e, até, as velhas mezinhas que ela nos aplicava.

Eis algumas das mezinhas que nos traz a sabedoria popular, e que aliviam as dores do corpo e da alma:

Para as maleitas de estômago

Preparar uma infusão erva-cidreira, hortelã, pimenta e salsaparrilha.

Para acalmar os nervos

Beber uma infusão de camomila, tília e flor de laranjeira.

Para acabar com a tosse

Preparar um chá de raiz de funcho, poejo e raiz de hortelã branca.

Para travar a queda de cabelo

Preparar uma infusão de folhas de marmeleiro, alecrim e estevão-macho.

Para quem tem a diabetes

Beber um chá de raiz de salsa e erva preta.

Para controlar a tensão arterial

Preparar um chá de casca de limão com  folhas de oliveira.

Para curar uma infeção urinária

Beber chá de hortelã bem quente.

 

 

Share.

Leave A Reply